8 de março, dia internacional da mulher




Todos os dias,
loucas e 
deliciosamente apaixonadas
choram e sorriem 
no menor espaço de tempo, possível,
entre uma e outra coisa,
são mesmo, absurdas e necessárias 
tão iguais e diferentes, 
desastradas, eloquentes
festejam, irritam-se
bendizem, fazem guerra, 
gemem, ignoram, 
tão santas (e nem tanto, assim)
naturalmente ousadas e combatentes
conquistam, ardem de amor
de zelo, de calor, de canseira
importa seu nome, importa
seu riso, seu silêncio, sua idade importa
seja ela qual for – por isso, seu destemor
a idade de uma mulher é intemporal
tudo sem ela é nada,
nada sem ela, é apenas isso mesmo,
Nada, aliás, é tudo o que uma mulher
não sabe fazer diante 
do cuidado com os que lhe são caros, seus queridos
mulher é o único ser humano, que trás em si mesmo, um motivo
a mais para ser amado: é quem,
humana e intransferivelmente, nos “dá à luz”,
toda ela, toda aquela que se chama mulher, 
tem todos os dias para ser acarinhada - todos eles, são seus 
e um único nome para ser apreciado:
MULHER!

 Alena Menino 


* O dia 8 de março foi escolhido porque nesta mesma data em 1857, na cidade de Nova Iorque, um grupo de mulheres operárias lutavam por uma carga horária de trabalho mais digna. Vejam só, pediam a redução de 14 horas para 10 horas de trabalho, atualmente a carga horária é de 8 horas por dia! Infelizmente o ato foi reprimido com violência e muitas mulheres morreram por esta causa.


1

Um comentário:

  1. Tenha um feliz dia, pq afinal todos os dias são nossos \o/

    bjokas =)

    ResponderExcluir

Se acostume com a felicidade,
seja inteiro e não pela metade!

© Confissões por Eva Lais - 2014. Todos os direitos reservados | Design by: Colorize | Tecnologia do Blogger.